Maker Space – Planejamento e Construção

O MOVIMENTO  MAKER

A criação de espaços onde estudantes, adultos e outros “makers” podem realizar projetos práticos como parte de um processo de aprendizado ou o desenvolvimento de uma ideia ou produto é um movimento que está ganhando força em todo o mundo. O novo valor atribuído aos laboratórios, que são locais para o desenvolvimento de habilidades para inovação e invenção, remonta aos tempos de Thomas Edison e Alexander Graham Bell e avanços como a lâmpada elétrica e o telefone. Há um novo entendimento de que tecnologias em evolução podem capacitar pessoas e, principalmente, estudantes para criar soluções para problemas e desafios em nosso mundo. De fato, a capacidade de competir no cenário mundial pode depender da engenhosidade dos jovens e da capacidade de criar soluções para os problemas que a humanidade enfrenta. Então, se você deseja criar um MakerSpace, siga os passos.

PASSO 1: CONTRATAR UM PROFISSIONAL DE DESIGN COM EXPERIÊNCIA NO PLANEJAMENTO DE MAKERSPACES.
  • Escolha um profissional com experiência anterior no planejamento do MakerSpaces e familiaridade com os tipos de equipamento e requisitos de suporte necessários em um espaço assim.
  • Estabeleça um cronograma preliminar para o planejamento, o design das instalações e a construção com marcos importantes para atender se a implementação do MakerSpace proposto deve ser concluída em datas importantes no ano letivo.
PASSO 2: QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DO MAKERSPACE?
  • Estabeleça metas: Vários tipos de MakerSpaces podem ser encontrados em bibliotecas públicas e escolares, departamentos de engenharia, departamentos ou grupos de arte, escolas de ensino fundamental, grupos de encontros, grupos de artesanato, setor privado e muitas outras organizações, todos com usuários e equipamentos variados. O primeiro passo mais importante para o seu plano é anotar por que você desenvolverá um MakerSpace em primeiro lugar (quais são seus objetivos?) E qual o resultado que deseja para os seus alunos. Também será importante obter informações importantes das partes interessadas sobre seus objetivos, pois pode haver opiniões diversas sobre o que o MakerSpace deve ser para sua organização.
  • Crie um plano escrito: Desde o início, um plano escrito é essencial. Todas as partes do plano serão desenvolvidas de forma incremental a partir das metas estabelecidas.
Esboço de mão de um laboratório para trabalhar madeira
PASSO 3: QUEM USARÁ O MAKERSPACE E QUAIS SÃO OS RESULTADOS ESPERADOS?
  • Forneça um resumo por escrito de quem usará o MakerSpace.
  • Descreva o tipo de MakerSpace planejado e antecipado.
  • Descreva o resultado esperado para os usuários do MakerSpace. Esse resultado incluiria apoio à pedagogia, implementação do currículo do mundo real, desenvolvimento de novos níveis de aprendizado, solução de problemas do mundo real, criação de novos produtos, criação de espaços de incubadoras e muito mais. As oportunidades e opções são muitas. Resuma o resultado esperado e adicione-o à declaração de objetivo escrita.
PASSO 4: IDENTIFIQUE QUEM PARTICIPARÁ DO LABORATÓRIO.
  • Identifique os professores ou funcionários que têm interesse em usar o laboratório. Uma pesquisa informal ou formal para determinar o interesse deve ser feita para identificar essas partes. Esses são os principais interessados ​​que potencialmente fornecerão conhecimentos, habilidades, recursos e espaço para o laboratório proposto. Eles também terão opiniões e idéias que precisarão ser incorporadas.
  • Determine quem liderará ou defenderá o laboratório. Esse é um papel organizacional essencial para o sucesso do laboratório. Um único líder é necessário para reunir todos os elementos de planejamento e implementação.
  • Identifique qualquer parceiro de negócios. Entre em contato e identifique quaisquer parceiros de negócios em potencial que possam ter interesse em participar da utilização do laboratório ou que estejam dispostos a apoiar o desenvolvimento do laboratório com financiamento ou equipamento.
  • Identifique os espaços em potencial para dar suporte ao MakerSpace proposto.
PASSO 5: PESQUISA DETALHADA DE PARTES INTERESSADAS E RECURSOS
  • Faça uma pesquisa formal de todas as partes interessadas para determinar metas e objetivos específicos, habilidades individuais e recursos que eles podem oferecer.
  • Avalie o equipamento existente e o equipamento desejado com notas sobre o fabricante, identificação do equipamento e equipamento
  • Documente as informações da pesquisa e prepare um relatório resumido para revisão.
  • Realize uma sessão de debate de ideias  com todas as partes interessadas para revisar informações e identificar os tipos de espaços de laboratório desejados e equipamentos necessários. Estabeleça prioridades que permitirão ao planejador determinar o que caberá no orçamento.
Planta conceitual do Laboratório de Innopreneurship da Wright State University
PASSO 6: DESENVOLVA UM PROGRAMA DE USO PARA O MAKERSPACE
  • Forneça um programa escrito dos usos pretendidos do laboratório e requisitos especializados, que incluirão listas de equipamentos, distâncias quadradas e requisitos elétricos e de HVAC especializados. Este documento é melhor produzido com a assistência de um profissional.
  • Identifique um espaço físico proposto como resultado do desenvolvimento do programa e desenvolva o programa para caber no espaço alocado.
  • Desenvolva uma avaliação preliminar do espaço para conformidade com os códigos de segurança e normas do Corpo de Bombeiros, principalmente avaliando o  suporte à infraestrutura existente para os usos de equipamentos propostos.
  • Elabore um cronograma e orçamento para o projeto proposto.
  • Determine o financiamento disponível.
PASSO 7: PROJETO E CONSTRUÇÃO
  • Revise todos os orçamentos, agendas e marcos importantes.
  • Prossiga com o design e a construção do projeto proposto.

Traduzido do site https://mspdesign.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *